Blog post

Conheça as maiores peoas do Brasil na modalidade Três Tambores

Dê sua nota!

Confira os principais nomes do rodeio feminino brasileiro e saiba mais sobre a categorias em que a mulherada é bruta

No mundo dos rodeios, todo mundo conhece os cowboys campeões, os touros mais brutos. Mas, você sabia que tem muita mulher fazendo bonito nas arenas também? Na categoria Três Tambores, quem domina são elas. Por isso, listamos as maiores peoas da modalidade no Brasil, para mostrar que a arena é lugar de mulher também!

A modalidade

Na prova de Três Tambores, o que conta é o tempo e a agilidade. Na pista ficam espalhados três tambores, formando um triângulo. Ganha o competidor ou competidora que fizer o percurso em menos tempo com o cavalo. A modalidade é dominada pelas mulheres porque elas, geralmente, são bem mais leves que os homens e mais rápidas.

No Brasil, a categoria é bastante praticada nos eventos country por todo o país. A Associação Nacional dos Três Tambores (ANTT) organiza campeonatos desde 2003 e contribuiu também para a profissionalização da modalidade no mundo dos rodeios.

No ranking da ANTT, as competidoras disputam durante o ano e chegam às finais, nas categorias: Gold Race (do 1º ao 10º lugar) e Silver Race (do 11º ao 20º lugar). Há também as competições na categoria Mirim, para meninas de até 12 anos de idade.

Campeãs Gold Race

Fatiana Ferreira é um dos maiores nomes da história dos Três Tambores. A trajetória de sucesso da paranaense de Guaíra começou em 2009, quando ganhou o primeiro título. Depois, de 2014 a 2016, conquistou três campeonatos seguidos e, hoje, é tetracampeã brasileira e está em 2º lugar no ranking nacional 2018/2019. Em 2015, teve dobradinha, ganhou, além da final da ANTT, a final do campeonato de Três Tambores na Festa do Peão de Barretos.

Outra amazona que merece destaque é a atual campeã da categoria Gold Race, Viviane Gratão. Ela é de Ipameri, Goiás, e conquistou o título nacional da modalidade pela primeira vez em 2017. Em Barretos 2018 também levou o título.

Caroline Rugolo, natural de Tietê, São Paulo, completa a lista de campeãs Gold Race. Em 2013, conquistou o campeonato nacional pela ANTT, além de ser vencedora de outros títulos em vários dos principais rodeios do Brasil.

Campeãs Silver Race

Na categoria Silver Race há ainda outras amazonas que sempre estão na galeria de campeãs. Thais Munique, de Votuporanga, São Paulo, levou o título em 2017. Heloisa Sá Rezende, nascida em Presidente Prudente, também no estado de São Paulo, venceu a temporada de 2015/2016, logo na estreia em uma final da ANTT.

E a tricampeã Daiane Sudário, que compete há quase 20 anos. A amazona coleciona títulos e prêmios, em Barretos, Jaguariúna, Americana, Colorado, entre outros. Ela é de São José do Rio Preto, São Paulo e também é uma das principais competidoras da modalidade, com títulos na categoria Gold Race e Silver Race.

Destaque Mirim

Para incentivar a prática do esporte, a ANTT promove também competições mirins. Nesta categoria, um nome tem sido destaque desde 2014: Tarcila Ferguson. A pequena cowgirl levou o título nacional em 2014, 2015, 2016 e 2017 e é uma das grandes promessas brasileiras nos Três Tambores.

E você? Conhecia alguma dessas estrelas do rodeio? Ficou faltando alguma? Conta para a gente aqui nos comentários!

Leia mais: Conheça 7 grandes rodeios do brasil

Comente aqui!

Post anterior Próximo post