Blog post

O que você não sabe sobre a Festa do Peão de Barretos

5 (100%) 1 vote

A Festa do Peão de Barretos existe desde 1956 e foi idealizado pelo clube “Os Independentes”, um grupo de jovens solteiros e auto suficientes que surgiu em uma mesa de bar. Como a cidade era reduto de peões de comitivas, devido a um frigorífico instalado no local, o evento encontrou o espaço perfeito.

No início, uma lona de um circo foi usada para abrigar o primeiro rodeio do Brasil, mal sabiam eles que aquela se tornaria a primeira edição do maior evento sertanejo do país. A festa reserva ainda muitas curiosidades, conheça algumas:

1. Um nome de peso esteve por trás do projeto

A arena de rodeios e o parque do peão de Barretos foi projetado por nada mais nada menos que Oscar Niemeyer. O mais conhecido arquiteto do Brasil aceitou o projeto do parque em 1985 e, quatro anos depois da execução, a arena para 35 mil pessoas foi construída. 

Projeto de Oscar Niemeyer para o Parque do Peão de Barretos

Projeto de Oscar Niemeyer para o Parque do Peão de Barretos

2. Barretos é maior do que você pensa

A festa do peão de Barretos é o maior rodeio da América Latina. O evento está entre os maiores do mundo, junto com a final mundial do Professional Bull Riders que acontece em Las Vegas nos Estados Unidos e o Houston Livestock Show and Rodeo, no estado do Texas, berço do estilo country.

3. Já na entrada, algo impressiona os visitantes

Na entrada do parque, uma estátua de um peão de 27 metros de altura homenageia os profissionais de rodeio. O monumento foi construído em 2005 e é uma das atrações do parque de Barretão.

4. O evento é essencial para a cidade

A festa movimenta profundamente a cidade que tem 100 mil habitantes. Os organizadores estimam que 10 mil empregos foram gerados em 2016 em decorrência – direta ou indiretamente – do evento. Entre as vagas, oportunidades nas áreas de turismo, serviços gerais, construção e segurança. Toda a preparação tem um motivo: quase 1 milhão de pessoas visitam o a festa anualmente.

Divulgação

Divulgação

5. Vai além de shows e rodeios

Existe um concurso de culinária dentro da festa. O objetivo é eleger o melhor cardápio à moda dos tropeiros, composto por arroz carreteiro, feijão gordo, paçoca de carne e churrasco. O concurso, conhecido como Queima do Alho, dá um prêmio ao cozinheiro que prepara a melhor refeição feita em um fogão que fica bem próximo ao chão. Uma referência à tradição culinária das comitivas de peões que viajam e precisam preparar a refeição de forma improvisada.

Silva Junior/Folhapress

Silva Junior/Folhapress

Pois é, Barretos é um evento que celebra a cultura sertaneja do interior brasileiro e merece muito respeito!

Em 2017, a festa de Barretos já tem atrações e data confirmada. Será entre os dias 17 e 27 de agosto. No site dos Independentes você confere a programação completa.

Já esteve em Barretos? Deixe um comentário contando sua experiência!

Tá procurando uma traia de gerência para a festa? Acesse o site da Cowboy Store!

Comente aqui!

Post anterior Próximo post